Como aumentar a velocidade do WordPress com alguns passos simples

Ter um website rápido é fundamental para atrair visitantes através do Google a manter sua audiência engajada. Pesquisas apontam que sites mais velozes possuem uma taxa de visualização de páginas / visita maior (bounce rate menor) e que os visitantes hoje em dia não têm muita paciência para sites lentos e que demoram para carregar.

Por isso criamos esse guia: para te ajudar a tornar seu website mais rápido e, assim, proporcionar uma experiência melhor aos seus usuários. E sem gastar nada para isso! Veja abaixo os principais fatores que influenciam na velocidade de carregamento de um website WordPress.

 

Cache

O próximo fator importante para ter um website rápido é o uso de um sistema de cache. De maneira simplificada podemos dizer que um sistema de cache armazena as páginas do website em HTML e “entrega” essas páginas diretamente para os usuários.

Sem um sistema de cache a cada visita o servidor tem que:

1) Processar o PHP (linguagem na qual o site está feito);
2) Consultar o banco de dados;
3) Gerar o HTML que será entregue ao navegador do visitante;

Para o cache existem dois plugins muito famosos: o WP Super Cache e o W3 Total Cache, sendo que o primeiro é mais simples de ser configurado.

Compactação e concatenação de Scripts e Folhas de Estilo

Quando um visitante chega ao seu website o navegador dele tem que baixar imagens, scripts (arquivos do tipo .js) e folhas de estilo (arquivos do tipo .css). A questão é que um navegador tem um limite no máximo de arquivos que baixa por vez de um endereço (domínio). Por isso é importante concatenar esses arquivos (juntar diversos arquivos em um só).

Suponhamos que seu tema tenha 5 arquivos de javascript e outros plugins do seu site peçam para o navegador do usuário baixar mais 5 outros scripts (totalizando 10 arquivos .js). Nesse caso são 10 arquivos que o navegador tem que requisitar ao servidor e baixar. Por isso é importante concatenar esses arquivos, transformando-os automaticamente em 1 só.

Além de concatenar esse arquivos você também vai querer compactá-los (minify em inglês), removendo linhas em branco, comentários e espaços, deixando os arquivos menores.

Para concatenar e compactar scripts e folhas de estilo sugerimos o excelente Fast Velocity Minify

.

Uso de CDN

Como comentado anteriormente, um navegador tem um limite de arquivos que baixa simultaneamente de um domínio. Por isso o uso de uma CDN para “entregar” imagens e arquivos estáticos (.css e ,js) é outro fator que ajuda a acelerar seu website.

A CDN (content delivery network) entrega esses arquivos usando um domínio diferente do website e ainda tem servidores localizados no mundo inteiro, de forma que o arquivo é entregue pelo servidor mais perto do seu uśario.

Geralmente para usar uma CDN é necessário contratar esse serviço. No entanto.

O uso de CDN ainda apresenta o benefício de “tirar o peso” do seu servidor, uma vez que a entrega de arquivos (especialmente imagens) é algo que consome muito recursos.

Aceleração

Uma última camada de otimização pode ser conseguida utilizando o Cloudflare. Eles oferecem CDN, proteção contra ataques (DDos) e otimização de recursos. E existe um plano gratuito. Todo seu trafégo deve ser direcionado para o serviço através de uma mudança nos registros de DNS.

Conclusão

Nesse guia apresentamos os passos necessários para ter um website rápido sem gastar nada a mais com isso, mesmo em hospedagens compartilhadas. De forma resumida o que você precisa é:

Um sistema de cache + compactação e concatenação de arquivos  + Cloudflare

  • Email, SSL
  • 0 Usuários acharam útil
Esta resposta lhe foi útil?

Related Articles

Como resolver o Erro upload_max_filesize

ERRO: O arquivo ultrapassa o limite definido em upload_max_filesize no php.ini. SOLUÇÃO: Criar...

Powered by WHMCompleteSolution